Associação das Emissoras de Rádio e TV do Estado do Rio de Janeiro
Projeto de rádio voltado a detentos do Ceará vence Prêmio Direitos Humanos 2016
Publicada em 17/11/2016
A Rádio Livre, experiência da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) que leva música e informação a internos do sistema prisional, foi uma das vencedoras da 22ª edição do Prêmio Direitos Humanos, da Presidência da República. O projeto cearense foi o vencedor da categoria “Comunicação e Direitos Humanos”. A solenidade de premiação acontece no próximo dia 14 de dezembro, em Brasília.
 
O secretário da Justiça e Cidadania do Estado, Hélio Leitão, considera que o prêmio vem reconhecer a Rádio Livre como uma importante ferramenta de comunicação e acesso à informação para internos. “Através da rádio, conseguimos estabelecer contato e mesmo uma relação de confiança entre os internos, algo fundamental para o trabalho de humanização que desenvolvemos dentro das unidades prisionais”, ressalta.
 
O prêmio é a mais alta condecoração do Governo Federal a pessoas e entidades que se destacaram na defesa, promoção, enfrentamento e combate às violações dos Direitos Humanos no País. A comissão julgadora foi presidida pela secretária especial de Direitos Humanos, Flávia Piovesan e contou com a participação de Júlio César Pompeu, secretário estadual de Direitos Humanos do Espírito Santo; Melina Girardi Fachin, advogada e professora da Universidade Federal do Paraná; Ricardo Shimosakai, diretor da empresa Turismo Adaptado; e Fábio Eon, oficial de programa sênior do setor de Ciências Humanas e Sociais da UNESCO.
 
No ar desde 2013, a Rádio Livre atua com uma programação variada, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com características de rádio comunitária, cujo foco é a humanização da pena. São 15 programas/quadros distribuídos em sua grade voltados para capacitação e reintegração social dos internos/internas do sistema carcerário por meio da informação, educação, promoção e defesa dos direitos humanos.
 
 
Fonte: Tudo Rádio.com
1 1 1 1 1 1 1 1 1
AERJ Todos os direitos reservados